sábado, 27 de junho de 2015

Doses

A dose de cólera que me darão para beber estará batizada.
O bem sempre vence embora não existam mocinhos imaculados.
Quem de fato vence não é o que tem posse do troféu ou medalha, mas o que que lutou com as armas certas.
Por vezes, se render será a sua maior arma de ataque.
Então vivamos intensamente; sem medo do ataque da inveja, intolerância e desrespeito.
Nos beijemos, nos amemos, nos ajudemos, nos toleremos e vivamos todas as conjugações que nos permitam sorrir com a alma!

sábado, 20 de junho de 2015

Metanoia

As convicções do novo amanhecer não serão esquecidas. 
A bagagem da antiga viagem deixei no aeroporto de propósito.
Do mar revolto é que mais lembro. Foram dias inesquecíveis, muita festas lotadas de poucas pessoas e beijos apaixonantes. Só não sabia que os lábios que me beijavam possuíam veneno.
Na nova viagem não tenho companhia. Só trago uma fotografia que fiz antes de voltar da terra dos amantes: nela estou só, acompanhado de poucas pessoas aguardando um bote em um rio que já secara.


quinta-feira, 18 de junho de 2015

Sobre a vida

Uma das frases mais coerentes que já ouvi na vida é "Ninguém avisou que seria fácil" - E definitivamente não é.

A vida, com todas as surpresas que Joseph Climber (ver Joseph Climber no Google) poderia descobrir, é injusta, desleal, sórdida e incrivelmente corrupta.

Se você parar pra pensar, as pessoas meio que se divertem em participar de jogos irreais individuais, dentro de suas próprias mentes, onde "o outro", é um mero participante.

Tá, concordo que isso não é pensar como "ver o copo meio cheio", tipo, se trata de uma visão meio pessimista da vida e blá, blá, blá.

Mas aí é onde está!

Se você não quer ser abusado pela vida e seus participantes, você precisa aderir a filosofia do "A Vida é bela" (Se não sabe o que é, vê no Google também). Precisamos olhar menos para as coisas tristes ou difíceis, porque boa parte das pessoas são cretinas mesmo, independente do que elas acreditem na maior parte do dia, vai ter uma hora que elas serão cruéis com você e se você não estiver preparado, vai ser levado pela sua tsunami de emoções.

Se eu fosse dar um segredo para mim mesmo, seria: "Não leve tudo tão a sério".

Mas como ninguém costuma seguir conselhos, vou ficar na minha mesmo.

domingo, 14 de junho de 2015

Chuvinha

E que a água lave o telhado;
E que a água leve o teu cheiro;
E que a água lave as ruas
E que a água leve tua lembrança;
E que a água lave de novo a roupa do varal;
E que a água leve você.

sábado, 13 de junho de 2015

Tetelestai

Eu lembro de uma vez que mudei de escola para uma que era numa periferia longe da minha casa. Minha bolsa de estudos tinha acabado e meus pais não tinham dinheiro para pagar escola particular. Na nova escola os garotos iam armados e eu tinha medo. Aquele foi um ano muito difícil.

Meus pais se mudaram e eu mudei de escola novamente. Eu decidi que naquela escola nova tudo seria diferente. E foi. Consegui ter um bom relacionamento com os novos amigos.

Odeio mudanças. Algumas são melhores que outras, mas todas geram desconforto.

Você sempre acha que já mudou bastante até a vida te oferecer outra atualização. Hoje a vida me convidou a amadurecer novamente.

Durante o show da minha banda favorita eu entendi que precisava deixar pra traz feridas do meu coração. É estranho falar desse jeito mas tinha coisas que eu não poderia continuar levando pra frente. Pessoas, dores, lembranças... coisas que me causavam dor.

E é por isso que eu estou escrevendo hoje. Para amadurecer +1 pouco. O medo simplesmente não pode ser o nosso conselheiro. Ouvi essa frase da Sarah Sheeva essa semana e achei demais!

Estava com medo de ser ou pensar ou agir de um jeito que as pessoas não entendessem e me julgassem mal por isso.

Não vou dizer que gosto de música gospel porque as pessoas vão me achar religioso demais... Não vou ser sincero com essa pessoa porque ela não vai gostar mais de mim... Não vou contar o que está acontecendo comigo porque as pessoas podem usar mal essa informação.

Acho que o medo faz parte da vida mas tem uma hora que você não pode ser mais refém dele. Isso tem que parar.

Tetelestai fala sobre isso. Significa "está consumado". Adoro essa expressão, pois ela diz que o preço da dívida já está pago. Quero viver assim agora: como alguém que não tem dívidas.

Vou ser mais sincero com quem estiver perto. Vou expressar minha opinião e vou rir sempre que tiver vontade.

Um amigo querido chamado Gustavo Bessa me fez pensar sobre isso tudo hoje. Quero ser alguém melhor.

Super até breve.